Boa noite Amigos,

Depois de um longo período de férias, chegou altura de começar a preparar a nova época que está a chegar. Para o próximo ano 2013 vou representar as cores da equipa Liberty Seguros/Santa Maria da Feira. Esta vai ser uma nova etapa no meu percurso com ciclista, onde espero crescer como atleta e como pessoa. Neste momento já me encontro em fase de pré-época e até agora tudo está a correr dentro do normal.

No próximo fim-de-semana, dias 1 e 2 de Dezembro, vou ter o meu primeiro estágio de integração com a equipa, onde vou conhecer os meus novos colegas de equipa.

Um abraço,

DR

Anúncios

Volta a Portugal do Futuro

Setembro 24, 2012

Boas Pessoal

Depois de muito tempo sem dar noticias no meu blog, volto a escrever para vos por a par da minha vida.

Desde o último post que as competições deixaram quase de existir e entrei então na fase principal da época, preparando a Volta a Portugal do Futuro. Foi cerca de 1 mês e meio a trabalhar sempre com o mesmo objetivo, conseguir chegar à Volta na máxima força e dar o meu melhor, nesta que é a corrida principal do escalão de sub23.

A preparação correu conforme planeado com o meu treinador Tiago Aragão. Assim, depois de uma época bastante desgastante, com todo controlo e empenho, consegui chegar ao dia da volta cheio de boas sensações e com bastante força.

A minha Volta a Portugal do Futuro ficou marcada pelos vários dias de competição, ou seja, não foram apenas os 5dias corrida como para quase todos os outros atletas, mas sim 7 dias, visto que na véspera da volta ao futuro realizaram-se duas corridas (circuitos) onde a minha equipa marcou presença. Contudo, foram feitos todos os possíveis para não acumular muito cansaço, mas correr com os profissionais nunca é fácil!

A Volta do Futuro começou da melhor forma para mim, conseguindo logo na 1ªetapa entrar na fuga certa onde se encontravam alguns dos favoritos, o que fez com que o pelotão não tivesse interesse em anular a fuga. Nesta, tive a companhia de um colega de equipa que me ajudou a imprimir um ritmo forte logo na primeira contagem de montanha, onde acabamos por fazer 1 e 2 lugar! Ao longo de toda a corrida existiu sempre um bom entendimento entre os meus companheiros de fuga, o que fez com que esta chegasse ao final. Já mesmo quase na chegada existia uma pequena subida antes da linha de meta, onde eu tentei a minha sorte e ataquei, conseguindo ganhar e conquistar assim a camisola Amarela e a dos pontos. Foi um dia que vai ficar marcado para sempre na minha carreira, uma experiencia única que espero um dia repetir.

A 2etapa era o dia de defender a camisola Amarela com unhas e dentes! Tinha a minha equipa desposta a ajudar-me nesta difícil luta, uma vez que o segundo classificado da geral tinha grandes qualidades como sprinter e era muito difícil manter a camisola devido as bonificações e ao facto de eu não ser um sprinter. Toda a etapa correu com planeado, graças a um grande esforço por parte dos meus colegas de equipa. Contudo, na parte final devido às bonificações não consegui manter a camisola.

A 3ªetapa constituiu o dia de montanha, marcado por uma forte Liberty que controlou a corrida toda e não deu hipótese à concorrência. A etapa estava a correr bem, até que devido à falta de experiencia, fui surpreendido por um ataque feito na última descida antes da última montanha. Tudo isto, teve como resultado mais de 500 metros de atraso logo no início da subida para o grupo dos favoritos. Acabei assim a etapa em busca de recuperação, acabando contudo por perder cerca de 45segundos para o vencedor.

A 4ª etapa era a mais longa da Volta com uma única subida logo nos primeiros quilómetros, sendo depois o resto da etapa quase sempre a descer. Acabei por tentar causar o menor desgaste e recuperar força para o ultimo dia.

Na 5ª e ultima etapa o dia era de decisões, onde se jogava tudo ou se perdia tudo também. Neste dia eu e a minha equipa apostamos tudo para tentar recuperar a camisola. A estratégia da equipa foi bem conseguida ate a parte final, onde as minhas pernas não responderam da melhor forma e não consegui aguentar o ritmo dos meus adversários. Foi um dia complicado para mim ao ver que a minha capacidade física tinha ficado aquém das espectativas de toda a minha equipa que confiou sempre em mim e que acabou por não ter resultado em nada.

Apesar de não ter estado nos meus melhores dias na última etapa, penso que toda a minha prestação durante a volta foi boa, tendo em conta todos os fatores externos que acabaram por condicionar os resultados.

A todos vocês que me apoiaram e que acompanham a minha carreira, um muito Obrigado! 🙂

Campeonato Nacional XCO

Julho 18, 2012

No fim-de-semana passado realizou-se o Campeonato Nacional de Cross Crountry Olímpico em Rio de Mouro.

Esta competição era um dos principais objetivos da época, como tal, trabalhei para me apresentar na máxima força neste dia e conseguir a tao desejada camisola de Campeão Nacional, que todos os atletas ambicionam alcançar.

A preparação física para esta corrida foi sempre acompanhada pelo treinador Tiago Aragão, não podendo ter corrido de melhor forma, pois nunca me tinha sentido tao forte como para esta corrida. Desta forma, as perspetivas para poder alcançar o título eram elevadas.

No dia da corrida as sensações enquanto realizava o aquecimento eram boas, estava super motivado pois sentia que estava cada vez mais perto de alcançar o título. Apesar das coisas estarem a correr bem, a falta de sorte começou a aparecer logo no inicio da corrida, quando ia sofrendo uma queda nos primeiro 500metros, o que me fez perder muitas posições, vindo então para 6 ou 7 lugar. A partir daí foi sempre a recuperar lugares e quando me encontrava já em 3 lugar, a 1km de completar a primeira volta ao circuito, apercebo-me que o desviador traseiro não estava a funcionar. Completo então a primeira volta e paro logo na zona técnica para perceber o que se passava com o desviador traseiro. Foi então que vi a mola da mudança partida. Tentei compor a mudança para que não ficasse limitado sempre à mesma e conseguisse mudar com o pé. Após cerca de 5minutos parado a tentar compor a bike e completamente limitado nas zonas mais rápidas do percurso, decidi continuar a corrida já sem nenhumas perspetivas de conseguir um bom resultado. Fi-lo simplesmente para terminar a corrida e não deitar por terra todo o trabalho realizado. Consegui então chegar ao fim em 4º lugar, a 2 minutos do vencer e a 200 metros dos 2º e 3º lugar. Apesar do resultado não ter sido o que tinha ambicionado, acabei a corrida a festejar como se tivesse vencido, pois posso não ter ganho mas não baixei os braços e demonstrei o meu valor e a raça do Verdadeiro David Rodrigues.

Quero fazer um agradecimento especial à GarBike por me ter disponibilizado a bike de  XCO para correr toda a Época, ao meu treinador Tiago Aragão por acreditar no meu potencial, à minha equipa de XCO – LivePlace e também à de Estrada ASC-Vitoria de Guimarães. Não posso ainda esquecer, como é claro, a minha Família, Amigos e Namorada que sempre me apoiaram e tornaram tudo muito mais fácil.

Um grande Obrigado muito Especial a todos eles!

Abraços e beijinhos,

DR

Boas Pessoal,

No ultimo fim de semana realizaram-se os Campeonatos Nacionais de Estrada em Pataias. Marquei apenas presença na prova em linha no domingo, optando por não ir ao contra-relógio uma vez que o percurso não favorecia as minha características.

O Campeonato Nacional de Estrada não era um dos meus objetivos pessoais da época e como tal, o principal objetivo era trabalhar e lutar para ajudar a equipa a ter a melhor classificação possível. Foi assim uma prova disputada do inicio ao fim. Durante toda a corrida mal tive tempo para respirar e foi sempre a topo, dei tudo em pista para que a estratégia delineada pela equipa saísse perfeita. E quase que assim foi, tendo o meu colega de equipa Samuel Magalhães acabado em 5ºlugar a poucos metros da vitoria. Mais uma vez mostrámos que temos uma equipa forte e que somos uma das melhores de Sub-23 de Portugal.

As sensações neste dia foram bastante diferentes da ultima corrida, o que me deixou muito motivado para continuar a trabalhar e conseguir alcançar o melhor resultado possível no Campeonato Nacional de Cross Crountry, que se vai realizar no dia 15 de julho.

Cumprimentos,

DR

Junho 19, 2012

Boas pessoal,

Após quase um mês sem escrever no blog, consegui um tempinho para vir atualizar o meu espaço. Nestas ultimas semanas que passaram muitas coisas de anormal ou normal para quem tem dois objetivos aconteceram, fazendo com que nem sempre fosse fácil conciliar tudo. Horas de sono e de treino a menos e bem mais tempo a dar com a cabeça nos livros. O pior já passou, espero eu! Agora quase de férias já estou a 100% para me dedicar a bike.

Apesar do pouco tempo ainda tenho conseguido marca presença em algumas competições:

No dia 27 de Maio fui à taça de maratona Portugal em Oliveira de Azeméis. Mais uma vez a sorte não teve do meu lado e voltei a furar logo nos primeiros 5km como tinha acontecido na prova anterior. A minha prestação voltou a ficar marcada pela falta de sorte e acabei por apenas levar a corrida como mais um treino.

Foto

No fim-de-semana a seguir, no sábado foi a vez de marcar presença no campeonato regional de dirt jump na Guarda. Desta vez a vertente foi outra e o grande objetivo era não cair! Foi um dia bem passado com os Amigos a fazer umas brincadeiras de bike. No dia a seguir (domingo), foi a vez da Maratona de Castelo Branco. Escolhi a distância dos 80km porque estava um bocado desgastado do dia anterior. Desta vez sem nenhum problema com a bike acabei por vencer com mais de meia hora de diferença para o segundo lugar.

 

Por fim a última corrida foi no fim-de-semana passado, no prémio Abimota que começava na 6 feira e seria ate domingo. Eu só consegui acabar o primeiro dia de corrida, tendo desistido logo no segundo, apesar de neste dia a prova ter tido início na minha cidade (Guarda), o que seria uma força extra. Contudo, nem assim as forças apareceram e  acabei por passar um mau bocado neste dia que me levou a desistir.

 Foto

 

A próxima prova será o campeonato nacional de estrada e apesar deste não ser um dos objetivos da época, espero estar já recuperado para poder ajudar a equipa a tirar o melhor resultado possível.

Cumps,

DR

Boas pessoal,

Após um período de pausa das competições, regressei este fim-de-semana à dureza. Desta vez marquei presença na 3ªTaça de Portugal de maratonas na Meda, uma experiencia nova que acabou por não correr da melhor forma.

Basicamente foi daqueles dias “Não” cheio de azar. Nos primeiros 9km iniciais consegui fazer o impossível (pensava eu), com 3 furos e mais de 40 minutos parado a mudar de camaras de ar.

Se não fosse a entreajuda e o material disponibilizado pelos outros ciclistas, a quem eu agradeço imenso a ajuda, tinha acabado por desistir. Contudo, ainda continuei a prova na esperança que mais nenhum azar ocorresse, mas já sem nenhum objetivo na classificação final, aproveitando assim para treinar. Apesar de ter continuado, o azar não me largou e voltei a furar aos 60km. Após os 4 furos acabei por me retirar no último ponto de abastecimento, quando faltavam 20km para o final da prova.

Foi sem dúvida uma prova para esquecer! Espero que todo o azar tenha passado de vez e que na próxima prova a sorte marque mais presença.

P.S. Só para avisar que o meu dorsal era o número 90 e que fiquei com uma bolsa que me foi emprestada por volta dos 60Km por um atleta que infelizmente não sei o nome. Houve ainda mais pessoas a emprestarem-me material, portanto se alguém ler esta notícia, é favor entrar em contacto. Um grande obrigado a todos!

DR

Este fim-de-semana voltei à minha rotina. Desta vez, marquei presença no prémio “Liberty Seguros”.

Juntei-me à equipa um dia antes, tal como acontece quase sempre, mas desta vez as coisas começaram da pior maneira. Esqueci-me da mala dentro do carro e fui para a prova sem nada, para além a roupa que tinha vestida. Contudo, com ajuda do meu diretor da equipa, as coisas acabaram por se resolver. Corri com uns sapatos de encaixe já de há 20 anos atrás (quem sabe talvez ate me tenham dado sorte).

O prémio era composto por 3 epatas durante 3 dias. Para a primeira etapa estava previsto uma chegada em pelotão e assim aconteceu. Acabamos por conquistar a camisola da juventude, fruto de um grande trabalho de equipa e claro, do nosso sprinter João Matias. O segundo dia de corrida acabava com uma chegada em alto, desta vez as espectativas da equipa estavam depositas em mim. Acabei por conseguir ganhar em sub23, mas não consegui alcançar a camisola da juventude uma vez que estava com o mesmo tempo do meu adversário. Ficaram assim as coisas por decidir até à última etapa.  Esta, foi uma crono escalada de 4,8 km sempre a subir. Neste dia as pernas voltaram a responder da melhor forma e acabei por conseguir ganhar a camisola da juventude, com apenas 11segundos de diferença para o 2melhor sub23.

Quero agradecer a todos aqueles que me têm apoiado sempre nos momentos menos bons, porque é nessa altura que mais precisamos de todo apoio! Obrigado especial aos meus patrocinadores, família, Amigos e namorada.

Um grandes  abraço,

DR

Clássica da Primavera

Abril 9, 2012

Olá amigos!

Venho hoje dar vos novidades acerca da minha ultima prova. Realizou-se no sábado (véspera de Pascoa) na Póvoa do Varzim. Marquei presença na Clássica da Primavera a contar para a Taça de Portugal sub23/elites. Uma corrida em forma de circuito onde a maior dificuldade foi uma subida de 2km +/- sob paralelo, na qual realizamos 6 passagens, que acabaram por selecionar o pelotão.

 Ao longo da corrida não me senti nas melhores condições e mesmo assim, apesar de não estar no meu melhor ainda tentei sair na última passagem na montanha a faltarem 10km para o final, mas sem grande efeito. Acabei a corrida no pelotão, sendo que esta acabou por ser decidida ao sprinte. A minha equipa conseguiu conquistar a camisola das metas volantes, a qual era um objetivo para a corrida.

O próximo fim de semana será de descanso, recomeçando as competições dia 20Abril, no premio Liberty Seguros.

Beijinho e abraço,

DR

Boas pessoal,

Este fim de semana marquei presença na volta às terras de St.ª Maria da Feira.

A primeira etapa foi de 140km, com a parte final muito dura e selectiva. Estava a correr bem, tanto que na parte final senti-me com força e ataquei na ultima montanha (faltava mais ou menos 8km para a o final), mas sem grande sucesso. Os últimos 5km eram sempre a descer e muitos rápidos e acabei por perder alguns segundos para o grupo da frente.

No domingo foi dia de contra-relógio por equipas da parte da manha, que acabou por correr dentro das expectativas da equipa. Durante a parte da tarde decorreu um circuito de 65km, o mesmo onde já tinha corrido antes, nos campeonatos nacionais de juniores na época 2009. Sabia que seria uma etapa muito dura do inicio ao fim, mas também um pouco ao meu estilo o que acabou por me animar. Acabei por terminar a ultima etapa em 17 º na geral e em 2º lugar sub23 que soube a pouco porque perdi-me nas contagens das voltas e acabei a ultima volta sem perceber que  seria a ultima. Enfim falta de experiência ou nabice.

Apesar de tudo acabei por ficar satisfeito com o resultado.

A próxima prova será a Clássica da primavera  no dia 7, véspera da Pascoa. Vou estar mais atento desta vez 😛

um abraço,

DR

Volta ao Alentejo

Março 27, 2012

Boas pessoal

Como anunciado na última noticia, a minha primeira competição de estrada da época 2012 teve início na 5 feira (dia 22 de março) e terminou no domingo dia 25. Foram 4 dias muito duros onde a presença tanto das equipas portuguesas como de internacionais tornaram esta competição muito complicada, ainda com a agravante das longas planícies do Alentejo, que acabaram por se tornar numa grande “dor de pernas”.

A minha equipa iniciou a volta com 8 atletas e terminou com apenas 3. Houve muito azar à mistura e muitas quedas, o que levou a que a participação nesta competição servisse só para dar ritmo competitivo e algumas horas/km. Como tal, acabei por ficar contente com a minha prestação uma vez que das muitas perdas na equipa fui uns dos que conseguiu acabar sem sofrer nenhuma queda ou lesão.

 Por fim, aos meus colegas de equipa desejo as melhoras rápidas e que na próxima corrida, que será já neste fim-de-semana (sábado e domingo), a sorte esteja connosco 🙂

Um abraço,

DR